Benditas Palavras Bem Ditas: BU!

sábado, maio 17

BU!




 


Quando conversamos sobre nossos medos já é um modo de enfrentá-los. A gente chora e chora muito porque eles se materializam e não adianta tapar o rosto com as mãos. É como descortinar aquele lugar que comumente escondemos, e dar de cara com os nossos altos muros. Partilhar essas fraquezas é coragem, ganhamos aliados que ajudam a torna-las menores, enxergamos soluções. Essa conversa molhada é uma faxina que nos deixa leves e fortes, mesmo elas ainda existindo. 

É como se eles, os medos, continuassem lá, mas agora foram avisados que a qualquer instante podemos nos armar e "bu!", arrancar seus dentões afiados que nos fazem sangrar. Medos banguelas não mordem. Medos sem dentes não reimplantam seus algozes, não têm vida própria. Quando desdentados, deixam de existir. 


LêF.

 

 
 
 
 



 

5 comentários:

Cisma ♥ disse...

por essas e por outras que criei o meu blog: para partilhar meus medos!

Gugu Keller disse...

A coragem não é um não medo, mas um não ao medo.
GK

Jason Jr. disse...

Que susto! ;)
OTIMA SEMANA Lê! :D

Carlos Henrique disse...

Adorei a analogia com os dentes. Aplauso!
Entendeu por que sou teu fã?



Bj do C.H.

Liza Leal disse...

Bem, particularmente, tenho alguns que são duros de arrancar... Ou perder. Prefiro aqueles que existem para nos proteger apenas.

Adorei o texto.

Bjo de luz
L.L.