Benditas Palavras Bem Ditas: Afazeres

segunda-feira, maio 19

Afazeres






 
Hoje adquiri a paz.
Tava no canto. Discreta, mas naturalmente chamava atenção.  Um dos itens mais caros da loja. Mais até que o amor. Não tem manual de instruções. O vendedor só explicou que é item muito delicado e, dependendo do dono,  basta coisa pouca para mudar sua voltagem, inclusive podendo estraga-la. Segundo ele, a paz às vezes se esconde, mas cabeça centrada, respiração profunda e tranquilidade ajudam a encontra-la. Recomendou o consumo em lugares calmos e, de preferência, com os olhos fechados, que é quando a sintonia com ela fica mais forte.
 
A tranquilidade veio de brinde.
Essa sim sei bem como funciona. Não precisa agitar, ventila e veio em embalagem mais resistente. Quando a gente aciona, a atmosfera ao redor muda, sendo seu funcionamento mais eficaz quando o dono está disposto a usa-la, com serenidade e menos taquicardia.
 
Na loja ao lado fica uma oficina de reparos. Aproveitei para deixar a pulga de trás da orelha para consertar. Ela não estava desligando e, ainda seguindo conselhos do vendedor, empata o funcionamento da paz e da tranquilidade. Vai acabar parando num brechó.


LêF.
Img. Dan Elijah
 
 
 
 


5 comentários:

Jason Jr. disse...

Eu ri aqui. Aquele riso gostoso.

JuliaF disse...

Não sei se a melhor parte é vc ter adquirido a paz e a tranquilidade, ou ter se desfeito da pulga atrás da orelha. Deixa ela na loja!


Beijo, Julia Foz

Anderson Lopes disse...

Você pode, por gentileza, me passar o endereço da loja?
Sensacional!

Aline Teles disse...

Adquirir a paz é com certeza um belo presente para si mesmo. Acompanhado de brinde pela tranquilidade? Melhor ainda. Beijos.

Carolina Russo S disse...

Sensacional... Adorei!

Tenha uma boa noite, beijos