Benditas Palavras Bem Ditas: Doação

sábado, junho 29

Doação







vai web








Desobedece a madrugada e me leva
para onde o sono me aguarda.
Silencia com um abraço minhas inquietações.
 
Com mãos fortes e sem pressa, acalma
meus pensamentos corridos, embaralhados.

Corridos, embaralhados.
 
Minha pele responde com arrepio e calor
aos seus dedos leves que rastejam,
enquanto sou velada por olhos que 
 esperam o dia raiar pela fresta da janela,
para verem os meus fechados,
dormindo, minhas curvas relaxadas,
a silhueta do meu peito
 em respiração profunda, lenta e, só assim,
encaixar seu corpo tranquilo no meu:
 
a isso eu chamo de amor.

 Lê Fernand's

 
 
 
 
 

4 comentários:

Gisa disse...

Perfeita descrição! Delirei!
Um grande bj

ૐ 'Priscylα disse...

"Silencia com um abraço minhas inquietações"

Não tem tranquilidade maior.. Lindo Lê :)

vanessa carvalho disse...

muito bom.

flores.

Jéssica Monalisa disse...

Que poema prazeroso rs Amei.