Benditas Palavras Bem Ditas: Te ver.

sexta-feira, abril 15

Te ver.






nancy ribard





Sinto falta dela. Não é de ligar, ouvir a voz e bater um papinho resumindo o dia a dia - como foi ontem e o que vai fazer amanhã -, não adianta a conexão pelo telefone. É saudade da presença, de tomar um café, um vinho juntas; Ir à feira pra escolher peixe fresco, ela me esperar enquanto tiro fotos de temperos e especiarias, depois a gente mexe na banca das bolivianas, não compra nada, e não sai de lá sem dividir um pastel com suco de sei lá o que. É saudade de olhar uma pra cara da outra e dizer "que merda de filme é esse?", mas continua a assistir, o que está passando é indiferente, o fato é que estamos juntas, fazendo comentários preciosos, com profundas bobeiras e teorias cômicas irrefutáveis. É saudade de comer manga no pé, mergulhar naquela piscina enorme juntas e tomar um sol, pra variar, ganhando tempo e horas de vida; Ficar na cama conversando, contar segredos, comentar algo de alguém como se nossa cumplicidade nos perdoasse a fofoca e, em seguida, dizer "coitada, né, não podemos julgar". Saudade de comer a comida dela, de brigar no trânsito com ela - temos nossas diferenças e dirigir é uma coisa que não fazemos igual. Saudade de rir até doer a barriga, perder o fôlego e chorar - ela é uma das poucas pessoas que me arrancam lágrimas quando gargalho.


Porque a nomenclatura mãe é ínfima para descrevê-la. Ela é minha amiga, fala a verdade, atura meus porres, me apóia, me sacode, me ouve, respeita meu silêncio, escolhas, é bonita (dizem que pareço com ela. rs) e, desde que saí de casa há 15 anos, seus ensinamentos, códigos, parceria e amor me acompanham. Gata, sou sempre feliz contigo. Ando com saudade dessa felicidade, preciso arrumar umas férias e viajar pra te ver. 


Fernand's






54 comentários:

Jão disse...

Mãe, ja inventaram coisa mais especial?

Minha joia rara.



Beijos querida!

George Dantas disse...

Saudade se sente nos detalhes! Nos pequenos detalhes!

E a sede de matar essa saudade é diretamente proporcional a intensidade de quando se mata!

Bjão!!!

Luana Almeida disse...

Corre para os braços dela. =)

Flores!

Adonai disse...

Mãe, o amor vivo.

Super gostoso, parabéns!

Jorge Pimenta disse...

provavelmente não era o meu comentário o que mais gostarias de encontrar por aqui, neste preciso post... mas não resisti a dizer-te que a minha mãe vive bem próximo de mim e, todavia, quantas vezes me faço distante.
arrepio desde a base da nuca até ao calcanhar foi o que senti ao ler-me aqui.
beijos, fernand's, e votos de férias já!

Miriane Fernandes disse...

Temos isso em comum!
Sai de casa com 11 anos. =/
E eu sinto tanta falta da minha mãe, das nossas brigas, nossos abraços, daquela nossa vida em família!
Aiin, que saudade!

-FÉRIAS, FÉRIAS, FÉRIAS rápidoo!

Cafundó disse...

Menina,que blog lindo!Eu tava tão triste e de repente vc me encheu de vida! Obrigada!

Carlos Henrique disse...

Nossa, Fe, que linda a relação
que vc tem com sua mãe!!!

Vá correndo vê-la!
Torço aqui. Bjs do C.H.

Verô. disse...

Infelizmente minha mãe é apenas minha mãe, mas como é bom saber que existe aproximação desta forma... Tão linda!

:)

Carolda disse...

Esse seu texto me fez ter mais saudade ainda... mas não de minha mãe, e sim da minha irmã. Coisa boa que é essa cumplicidade, né mesmo?

Sentimental ♥ disse...

Mãe q é mãe é tudo né????
eu quase enlouqueci longe da minha dia desses...

Beatriz Amorim disse...

E existe melhor amiga? (:

beijos, flor!

Thaís Alves disse...

Que lindo... me deu mais saudade da minha... Beijos!

G.Pereira disse...

Saudade =/

beijos, meu bem.

Fernanda Arruda disse...

Adorei ler seu post, coisa mais linda!

Mãe é a mais rara invenção de deus :)

Beijo.

Poeta del Cielo disse...

Mae e tudo na vida... o ser iluminado que traza nosso camino e acompanha sempre a nosso lado mesmo en la lejania pois seus conselhos carinho deixado en nois en nossa pele mente e coracao nunca nos deixa e acompanha eterno...belas letras amiga

saludos
otimo final de semana
abracos

Poeta da Colina disse...

Não sei como tem gente que escolhe a distância.

Rodrigo disse...

Delícia de leitura a essa hora da noite, obrigado!

bom finde.

beijo pra ti

Renata Oliveira :D disse...

Bonito tudo aqui !
Apaixonei-me. Jornalista, é ? Apaixonei-me de novo. E suas palavras são boas, expressam vida.


abraço ;) ta favoritada !

Menina no Sotão disse...

Minha cara, revi um filme antigo que só acontece dentro de mim. Nossa, sem palavras. Há coisas que nos escapam as vezes e outras que são para todo o sempre... Eu gostava de repousar a cabeça em suas pernas para assistir tv com ela. Assistíamos sempre os mesmos filmes e eu dormia enquanto ela fazia cafuné na minha cabeça. rs
bacio

Cynthia Osório disse...

mãe é bom demais!! saudade da minha, agora...

OceanoAzul.Sonhos disse...

Tão bom ler este texto Fernand's, me deu um aperto no peito, lindo demais, a cumplicidade entre mãe e filha é uma coisa maravilhosa.
bj querida
oa.s

Tatiana Kielberman disse...

Adorei, querida!

Quem nunca sentiu essa saudade?

Mas trasncrita desse jeito ficou única!!

Obrigada pelas visitas e carinho...

Beijos!

mfc disse...

Gostei imenso da forma como partilhaste a imensa cumplicidade que tens com a tua mãe!
Ahhh... um pequeno pormenor. Adorei o teres referido o prazer de tomares um vinhinho junto com ela!
Simplesmente maravilhoso.

Mundo Mundaca disse...

Lê, este texto,carta,declaração de amor,é tao lindoooo!
Minha maesinha é assim como a tua, amiga e companheira pra tudo.Quando estamos juntos é como estar com minha alma gemea.
Vai menina!! corre pra dar um abraço bem apertado na tua masinha,com todo o amor do mundo!
beijão enorme e muito obrigada por apoiar minha arte e por tuas doces palavras de incentivo.
Um dia quero ter a honrra de ilustrar algo teu.
yasmin

Vinicius.C disse...

Olá boa tarde!!

Mãe?... Tenho duas!.. kk

Eu sou adotado!... Vivo com minha do coração desd q eu tenha 02 anos de idade, minha mãe biológica vejo esporádicamente mas vejo.

Não sei ao certo com que me pareço enfim.. muito bom ler vc!

Que vc tenha um ótimo fds!

Nos encontramos no Alma ou aqui!Beijo

Ray* disse...

Saudades de mão é sempre constante em nossas vidas. Adorei o blog.

citacoesecia.blogspot.com

Fernand's disse...

ray,
saudade e presença.
bem vinda.






vinícius,
vc é um sortudo, hein??? rsrs
bjs, querido.

Fernand's disse...

yasmin,
vou, sim... assim que der. eu que agradeço o incentivo.
ah, pode deixar... sou apaixonada pela tua arte, vc vai fazer a capa do meu livro!!!

=)







mfc,
vinho e baralho juntos, melhor dizendo... rsrs
obrigada pelo carinho.

Fernand's disse...

tati,
obrigada imenso.
seja bem vinda.





oa,
tenho essa sorte, querida. =)

Fernand's disse...

cynthia,
mãe é um anjo que deus enviou para nos cuidar.






manina,
vc disse tudo... para todo o sempre.

Fernand's disse...

renata,
bom saber que vc sentiu vida aqui.
seja bem vinda.






oi, ro.
obrigada, querido.

Fernand's disse...

poeta,
escolhas só dizem respeito a quem as faz.






poeta del cielo,
nos acompanha eternamente mesmo!

Fernand's disse...

fernanda,
mãe é um dos Seus planos perfeitos. rsrs






g. pereira,
pra vc tbm, querida.

Fernand's disse...

thaís,
=)






beatriz,
triste de quem não tem uma.

Fernand's disse...

sentimental,
fazem uma falta, né?!






carolda,
tenho a mesma cumplicidade com minha irmã.
amizade é um laço da nossa família.

Fernand's disse...

verô,
entendo vc...






ch,
obrigada, querido.
vou sim.

Fernand's disse...

cafundó,
fico muito feliz em ouvir isso.
bem vinda.






miriane,
vida em família... tbm sinto.

Fernand's disse...

jorge,
é, querido, quando escolhemos viver na distância, percebemos quão gradiosas são as pessoas que amamos. se me permite, não se faça ausente. bjsmeus






adonai,
eterno.

Fernand's disse...

lu,
assim que der, qierida.






george,
e às vezes ainda fica um pouquinho. rsrs

Fernand's disse...

jão,
djavan definiu bem: ouro de mina.

Sentimental ♥ disse...

putz, horrível...
andar pela casa e não encontrar com ela era péssimo.
e ela ainda me pergunta "mas e quando estou no trabalho"?
é mole? rs

Fernand's disse...

sentimental,
imagino a falta dessa convivência diária... quando passo um tempo com a minha [férias] e volto pra casa em seguida, é muito difícil voltar à rotina sem ela. =(

Sentimental ♥ disse...

menina, se eu te falar qnto tempo foi a 'separação', vc vai me chamar de doida, mas confesso, sou totalmente viciada na minha mãe.

Fernand's disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk
tá bom, vou te chamar, sim... porque um doido é uma coisa linda de se ver. e eu sou fã dos doidos, não dos malucos (nomenclatura!).

rsrsrs

Sentimental ♥ disse...

2 dias... =)

Fernand's disse...

hahaha
imagino sua síncope!

Milene R. F. S. disse...

Mãe é mãe né, mesmo que não seja tão "amiga", confidente como a sua, é nossa referência e nosso colo, quando todos os outros colos já estão ocupados... amo a minha, beijos!

Débora Cecília disse...

amor de mãe, né? só existe um e este foi lindamente descrito por você...

Fernand's disse...

débora,
obrigada, linda.






milene,
é o nosso porto seguro, o nosso anjo mais poderoso.

BRASIL BLOG disse...

Muitos aplausos para uma demonstração
tão pura e sincera de um amor infinito.

Eu não conseguiria viver longe da minha mãe.

Fernand's disse...

brasil,
obrigada... é o amor incondicional.

Firefly disse...

O texto é lindo, e leve, simplesmente incrível. Mas mesmo assim chorei, não sei se acolhido pela sensibilidade aguçada em seu texto, mas pude partilhar em parte de sua saudade, em parte, pois saudade é sua, mas sentimento também é meu.
Estou realmente encantado com seu blog, e posso dizer, que este texto fez iluminar o meu dia, nesses exatos 05:55.
ps- preciso ligar para minha mãe, dizer que a amo.

Obrigado.

Fernand's disse...

fire,
esse foi um post despretencioso, apenas externei meus sentimentos de afeto pessoais, mas foi o que mais me emocionou com os depoimentos, assim como o seu. agradeço imensamente ter podido tocar quem o leu, porque mãe é sagrado!

ligue mesmo, ela merece! =)