Benditas Palavras Bem Ditas: Deus existe, você duvida?

segunda-feira, abril 18

Deus existe, você duvida?






via web






Naquele dia estava mais cansada que o normal, fadiga mental e calor. O metrô não estava cheio, conseguiu sentar. Na estação seguinte entra um indivíduo com o som nas alturas, um funk de muito mal gosto. Ela percebeu os olhares de reprovação trocados entre os passageiros, uma reprovação velada, quem teria coragem de falar algo para um brutamontes daquele? Indignada, fechou seu livro, respirou fundo, apoiou a testa com a ponta dos dedos e disse mentalmente: "Meu deus, sei que isso não é coisa que se peça e que o senhor deve estar testando minha paciência, quem mandou eu ser tão ansiosa?, mas será que dá para tirar esse traste mal educado daqui, porque é um insulto desmedido alguém obrigar os outros a engolirem uma música horrorosa dessas dentro de um coletivo, e nesse volume, o senhor não acha?

Duas estações após o seu pedido o traste partiu, o burburinho foi automático dentro do vagão, todo mundo reclamou. Ela, com um sorriso largo, voltou à leitura e pensou, valeu, Papai do céu, e ainda há quem duvide da sua existência.



Fernand's







48 comentários:

João Vitor Fernandes disse...

Boa!

Sofro com sempre. É bem ruim.


Beijos!

Raphael Martins disse...

Tive que rir, querida... funk de mal gosto... por acaso existe um de bom gosto? rs
São neanderthais disfarçados!

Lê Fernands disse...

rapha, vc tem toda razão!!!!!! kkkkkkkkkkkk






jão,
essas músicas são um tiro!

Carlos Henrique disse...

Deus me livre duvidar dele!!! rs
Isso foi com vc, Fer?
Bjs do C.H.

Ti Ferreira disse...

ADOREI o blog.
Realmente é super irritante esse tipo de coisa, passo por isso quase sempre, só que no ônibus.
Deus existe, em toda parte, boa semana
beijusss

Geisson disse...

Curti o blog,

to seguindo, retribui!

abraços,
http://devilge.blogspot.com

Glamorous like a clicquot. disse...

Pois bem, ainda que ela percebeu que só Deus iria acjuda-la naquele moomento, e ajudou, rs.

Odeio gente sem educação, escutar funk pro mundo ouvir também dá vontade de.....ugh rss.....

Poeta da Colina disse...

A vida e seus sinais. =)

Mas alguém precisa ensinar a diferença de público e privado para esse povo, urgente!

Unknown disse...

Si que e dificil amiga o si lo es... es de matar ... bela entrada... duvidar dele nunca...

saludos
otima semana
abracos

Thaís Alves disse...

hahahahaa mto bom, Fernanda! Também acho um absurdo este pessoal que nos obriga a compartilhar de seu gosto, seja ele bom ou mau. Nem é tanto o q a pessoa está ouvindo que faz diferença, mas o fato de empurrar goela abaixo das outras pessoas. Muita falta de respeito. É... Deus existe e te escuta. Da próxima vez seja mais ambiciosa e peça para erradicar estes seres da Terra...rs Beijos!

Ana Caroline disse...

Hahaha, e ainda tem quem duvide da existência de Deus.
Amei o blog

:*

deia.s disse...

Me fez rir.
Gostei da forma como tudo aconteceu e da riqueza de detalhes! *-*
Visualizei o lugar -rs

Bjos, flor.

Cor de Rosa e Carvão disse...

Bah... Por que ela não incluiu o povo fuxiqueiro na reza? Assim não sobrava nem burburinho.

Beijos

Luana S. Santos disse...

claro que existe.
E aturar essas músicas realmente, tem que ter muita paciência.

beijos

Adonai disse...

Esse pessoal sem o mínimo de senso, eles me seguem! HAHA

Andreza Salvio disse...

obrigada. vim retribuir a visita e adorei o que encontrei. Parabéns pelo blog ;*

cafundó disse...

Ô e se existe.
Adoro histórias extraídas do cotidiano. Massa!

BRASIL BLOG disse...

Sem desmerecer o "público" que estava presente,
imagine o tamanho da necessidade de chamar atenção
que esse cara tem, num simples vagão de metrô?
Poderia estar fazendo algo de bom, não incomodando.

Edu disse...

Ninguém é obrigado a ouvir qualquer som que seja, seja um funk, seja a 9a. sinfonia do Beethoven!

Agora funk... pelamor...

Bejo!

Miri Fernandes disse...

kkkkkkkkkkkkkk -
Nenhum bom gosto há no funk.


E o que seriamos sem nosso Deus?
Kiss.

Paulo Roberto Figueiredo Braccini - Bratz disse...

Odeio funk! #fato

Nessa disse...

Adorei...como sempre!
=]

Bjosss!

Lobo disse...

Muito simpática ela.

Eu teria pedido encarecidamente para que ele tropeçasse no vão, caisse entre o vão e o vagão, e fosse esmagado quando o metro partisse.

É, paciência com esses tipos me falta...

Beijo Fer!

Nicole disse...

"Funck de mal gosto" é redundância. hehehe. Esse pessoal é terríiiivel

Dan disse...

to precisando de um papinho com ele.

bjo lindeza!
:D
(repara no sorriso! há)

mfc disse...

Deus?! Acho que é um magnífico personagem de ficção!

Marcelo Henrique Marques de Souza disse...

Bom.. acho que se Deus existisse, esses projetos de músicas nem sequer apareceriam na mente de alguém..

Beijos

Jota disse...

kkkkkkkkkkk, muito bom :D
Não sei a intenção do texto, muito menos se isso aconteceu com você, mas existem casos e acasos. Essa menina aí teve muita fé viu? oaieoaiei

Beijos ;***

Anônimo disse...

Adoreoi o relato, Fer.
Mneina de févoce!

Mau gosto é que nem vírus! rsrs

Lê Fernands disse...

anônimo,
ainda bem que estou imune a esse vírus! :D






jota,
bora fé nisso! rs
bem vindo.

Lê Fernands disse...

poxa, marcelo, não culpe deus pelo mau gosto desse povo! rsrs






mfc,
ele faz parte da minha realidade. rs

Lê Fernands disse...

dan,
tá feliz, é???
adoro! =)






nicole, não para quem gosta do gênero.

Lê Fernands disse...

lobo, ahhh, bem simplório vc, né?! rsrs







nessa,
=)

Lê Fernands disse...

paulo,
tô no time.






miri,
nada!

Lê Fernands disse...

edu,
pelamor mesmo! hahaha






brasil,
concordo.

Lê Fernands disse...

cafundó, eu tbm, querida! =)





az,
obrigada. seja bem vinda.

Lê Fernands disse...

adonai,
pára raio de mau gosto. rsrs






luana,
amém que ele existe, linda!

Lê Fernands disse...

cor de rosa,
coitado do povo... foi como um desabafo, um alívio contra a tortura. rs







deia,
fico feliz com sua percepção, querida.
obrigada.

Lê Fernands disse...

ana,
e num é? rsrs
bem vinda.






thaís,
hahaha
não tenho tamanha pretensão... deixo a cargo dele. rs

Lê Fernands disse...

poeta,
nunca! amém.






poeta,
ô! rs

Lê Fernands disse...

cri,
ainda bem que elka tinha a quem recorrer! rsrs






geisson,
ah, tá.

Lê Fernands disse...

etiene,
no ônibus é pior...







ch,
deus me livre da descrença tbm!
foi, querido! rsrs

Ju ♥ disse...

ele sempre dá o jeitinho dele, nas pequenas e nas grandes coisas...

Lê Fernands disse...

sentimental,
jeitinho e jeitão! rsrsrs

Ju ♥ disse...

seempre!!!

Firefly disse...

Aprendi então, rezar nesse momento resolve? Testarei em breve.

Lê Fernands disse...

sentimnetal,
=)






fire,
experimente... dá super certo, mas tem que ser com fé! =)

André disse...

"Deus está nos detalhes" e, infelizmente, o mau gosto e a falta de educação em todos os lugares!