Benditas Palavras Bem Ditas: Sobre verdades e mentiras #2

segunda-feira, março 21

Sobre verdades e mentiras #2

A nobreza que a mentira me deu.
Para ti.




via web





Hoje reli nosso livro, feito a quatro mãos e paixão desmedida.. Páginas marcadas com nossas pegadas sujas de areia da praia. Amassadas pelas risadas de quando admirávamos um rio que não existe. Com o perfume dos nossos corpos que pareciam tanto ser um só que a gente jurava que era continuidade um do outro. Havia capítulos misturados porque eu não consegui organizar a cronologia, mas estava tudo lá. Inclusive o trecho molhado com os teus olhos de reticências quando desviaram dos meus, naquele dia.

Teus lábios que desenhavam beijos em preto e branco nos meus e a distância que teus abraços tomavam dos meus braços entregaram que estavas mentindo e faltando com a verdade todas as vezes que tua boca silenciava. Aquele dia foi um parágrafo escrito em grená.

Mentiras, pequenas ou grandes, são mentiras. Mas entre nós não cabe o julgamento nem culpa. Falei sempre a verdade e não me arrependo de ter acreditado, de olhos fechados, que, com boca e coração abertos, tu farias o mesmo. Eu escolhi a verdade e tu a mentira naquele capítulo. Nunca vou saber se teria doído menos, caso tua escolha fosse outra. Não reputo tua fraqueza, sei que foi para não me magoar. Todos somos fracos e escolhemos a mentira para não machucar. Todos.

Faria xerox de tudo sem mudar uma vírgula. O zelo ao amor que eu sinto e tu sentes está em letras garrafais nesse livro, cheio de parênteses. Silenciosos. Se serão preenchidos, não sei. Não importa, conforta. Conforto de certeza de que em nossa história também não tem lugar para dúvida: tu sabes, tu és. Eu idem, idem. Sem ponto final, agradeço por hoje ser nobre, pobre de dor e por sermos um ponto seguido.

Quieto e seguido.
 
   Fernand's
28.12.2010
 
 
 
 
  ______________________________________________
Carta de uma personagem.
Ensaios sobre Mentiras e verdades.
Meus. 
 
 

33 comentários:

Luana Almeida disse...

Muito forte, lindo.
Verdade entre tuas linhas, mas onde tem a verdade, tem a gota da mentira.

Cada dia mais virando tua fã. =)

Flores!

Alvarêz Dewïzqe disse...

Que lindo, Fernand's, que lindo.

Merece estar impresso, num livro, com seu nome na capa.

Fernand's disse...

alvarêz,
estará em breve, querido. em breve.

fico muito feliz em ouvir isso de um escritor de primeira. obrigada mesmo!!!







luana,
são complementos mesmo.
obrigada, menina linda!

Marcelo Mayer disse...

a mentira mais gostosa

LAurita disse...

Queria saber escrever assim.
Queria saber perdoar assim.
Queria ser nobre assim.
Lindo, fer.

OceanoAzul.Sonhos disse...

Fernand's que maravilha, cada vez que venho aqui vou repleta de emoção e sentimento. A verdade deverá prevalecer, mostra a nobreza do Ser Humano.


beijinhos
OA.S

Suzana Martins disse...

Lê, eu não tenho o que escrever, apenas sinto as suas palavras em minhas artérias. Palavras silenciosas que fazem barulhos em mim...

Queria poder escrever assim!!!

Lindo!!!!

BEijos

Assis Freitas disse...

livros inscritos assim, incitam


beijo

CIELLO disse...

querida...teu oceano de inspiração transborda em cada mar, em cada rio de nossa vida... que lindo! lindo...

"olhos de reticências"... perplexo estou com esta descrição...

Ana SS disse...

muito bom de ler.

Rebeca Postigo disse...

Delirante...
Adorei ler-te...

Bjs

Fabio Machado disse...

Everybody lies, everybody gives, not everybody forgives.
Riquíssimo, Lê !

Beijos,
Fabio.

Thaiany Almeida disse...

LINDO, INCRÍVEL!
Eu adorei!

Jão disse...

Mentiras, falsas promesas, pessoas que olham somente para o próprio umbigo.


Candei disso.


Beijos!

Torna-te quem tu és disse...

MA-RA-VI-LHO-SO.
Abraço.

Serginho Tavares disse...

adoro quando você se desnuda assim!

Aleatoriamente disse...

M e n i n a!
Que lindeza!!!
Amei teu texto Fê, cheio de tudo e mais um pouco.

Beijo.
Fernanda

Lobo disse...

Acho os fatos mais importantes que a cronologia. Saber quando foi não faz tanta diferença quando sabermos que está lá em algum lugar...

Beijo Fer!

Antônio Henrique disse...

Olá! gostei muito dos seus textos, encontrei seu blog
nua lista de um amigo, já sou seu seguidor.

E adorei o desgner do seu cantinho, bastante agradável.
Com certeza irei ler belas artes.

Já estou colocando em meu blog, um direcionamento do seu
link (na lista de blogs parceiros) para que através de
suas atualizações eu esteja te acompanhado.

Luz na sua vida.
http://Umguiadecomoviverbem.blogspot.com

"Antônio Henrique"

Carlos Henrique disse...

De uma enorme riqueza a descrição de um perdão em nome do amor.
"eu idem, idem".

Uma cumplicidade que só a tem quem
ama de verdade. Lindo.

Vinicius.C disse...

Muito bommmmmmmmmmm!!!

Que vc tenha um ótimo dia!!


Nos encontramos no Alma!

E.A. disse...

Continuo com Renato Russo...
"Mentir para si mesmo é sempre a pior mentira."
Abraço de paz.

Camilla Mendes disse...

Indiscutivelmente o melhor de todos. Parabéns!

Fernand's disse...

camilla,
obrigada.





e.a.,
a pior mesmo.

Fernand's disse...

vinícius,
obrigada.






ch,
com certeza,
só amor de verdade.

Fernand's disse...

antonio,
obrigada. seja bem vindo.







lobo,
saber quando foi não importa, o importa é o que ficou dentro.

Fernand's disse...

aleatoriamente,
obrigada.






serginho,
ui, que vergonha! rsrs

Fernand's disse...

torna-te,
=)







jão,
ui...

Fernand's disse...

thaiany,
=)







fabio,
é a nobreza...

Fernand's disse...

obrigada, rebeca e ana.








ciello,
fico muito feliz com tuas palavras.

Fernand's disse...

assis,
incitam e inspiram.







suzana,
agradeço tamanho carinho.
e convenhamos, vc é uma ótima escritora!

Fernand's disse...

oa,
nem sempre a verdade é fácil.







laurita,
é de cada um...
obrigada.

Fernand's disse...

marcelo,
talvez não...