Benditas Palavras Bem Ditas: Maldita

domingo, novembro 3

Maldita








Lembranças também são coisas que guardamos em caixas, no quartinho da bagunça. Elas ficam quietinhas lá tanto tempo que a gente não lembra nunca mais se não mexer. Aí quando um dia, do nada, abre essas caixas, estão lá o tempo da calça no umbigo, o gosto da bala halls vermelha depois do recreio da escola, amigos de faculdade, bilhetes, guardanapo de lanchonete, desejos de felicidade, risos em fotos velhas, falta de sorrisos em crachás, pedidos de desculpas, disquetes, letras de música, sonhos de papel, bloquinhos rabiscados, viagens e canhotos de ingressos. A gente sorri. É tanta coisa boa pra lembrar que chega a sentir o cheiro do que se foi, dos que se foram. Mas aí lembra também que dentro dessas caixas, esperando uma fungada profunda de saudade, está a rinite, pronta para atacar. Maldita rinite. Atchim!
 

 Lê Fernand's

 

 
 

9 comentários:

Amanda Borba disse...

a coçadinha no nariz é o preço da coçadinha no coração ;)

Rosa Serena disse...

Amei! Tambpem tenho essa maldita. Tudo lindo por aqui. visite o meu blog!

Rosa

Rosa Serena disse...

Amei! Tambpem tenho essa maldita. Tudo lindo por aqui. visite o meu blog!

Rosa

Rosa Serena disse...

Amei! Tambpem tenho essa maldita. Tudo lindo por aqui. visite o meu blog!

Rosa

Rosa Serena disse...

Amei! Tambpem tenho essa maldita. Tudo lindo por aqui. visite o meu blog!

Rosa

Rosa Serena disse...

Amei! Tambpem tenho essa maldita. Tudo lindo por aqui. visite o meu blog!

Rosa

eva mooer disse...

linda!!!tava com saudades dos seus escrito e modo de escrever....delicia....beijokas

BRASIL BLOG disse...

Maldita mesmo. Sofro do mal e é insuportável!

BRASIL BLOG disse...

Maldita mesmo. Sofro do mal e é insuportável!