Benditas Palavras Bem Ditas: Fora do calendário.

quarta-feira, janeiro 18

Fora do calendário.



 





Clique meu.









Escrevo essa carta não para chegar.

Nem para partir...


É para ser caminhada diversas vezes pelos olhos teus, com idas e vindas, retornos e curvas. Porque o amor tem várias caras: caro quando ausente e barateia quando presente. O amor é contraste: transparente e colorido, soturno e constante, sumido e latejante. O amor, mesmo antigo, é vanguarda, audaz e faz moda: ora de botas, ora com o tornozelo de fora. Nu ou vestido, o amor nos cai bem. A gente que às vezes faz malcriação, escapa dele e o deixa com uma mão na frente e outra atrás. Ele, com a sabedoria de um velho secular, cutuca nossos corações com sinais de fumaça nos céus, mesmo que esteja chovendo. O amor, esse que a gente tem, se perde nas horas do tempo, em dias longos que não cabem num calendário.

Fernand's








_____________________________________________
Carta de uma personagem.
Ensaios sobre ele, o amor.



23 comentários:

Sentimental ♥ disse...

"O amor é mais que isso
O amor talvez seja uma coisa que até nem sei se precisa ser dita..."
bjs

Fernand's disse...

e a gente ousa tentar definir... coisas de quem ama! rsrs

Sentimental ♥ disse...

é q a gente fica bobo quando ama...

Gisa disse...

O amor tem contornos que dificilmente se decoram, sempre surpreendem
Um grande bj

Tatiane Trajano disse...

o amor e suas definições - infinitas.

'Lara Mello disse...

Muito lindo ^^

André Arruda de Bem disse...

Compartilho do mesmo calendário.

Rebeca Postigo disse...

De arrepiar...
Lindo, lindo, lindo!!!

Bjs

Mônica disse...

Fernds
E mesmo o amor para adolescentes se perde nas horas do tempo
Hoje vou ser vela pras minha sobrinha.
Minha irmã trabalha em outra cidade a partir de quinta feira e pediu pra eu dormir com ela.
Eles nao se desgrudam nem um instante
e o amor!

Ana Andreolli disse...

ai, para de ser tão incrivel? hahahahah

Mateus Borba disse...

Tudo de você é lindo e forte, e só me resta dizer "aaaahhhhhhhhhhhh...."

Beijos, querida.

mfc disse...

O amor tem várias cambiantes... e todas elas são lindas!

Verônica disse...

"... caro quando ausente e barateia quando presente".

Acho que não existe verdade maior!

Anônimo disse...

Escrevo este comentário para chegar e para partir e para parir e para doidar.
Amor, insofismavelmente, o Amor. Disparada a flecha. Os entreolhares. As palpitações. o Novo e o Medo. O Cru e o Profundo, O Chiste e o Brinquedo - o Amor.

Lê, obrigado por me inspirar sempre. Com todas as permissões e as permissividades possíveis, só me resta dizer: você é FODA!!!!!!!!!!

Um super ósculo em vossas "alfácias".

Edward Luna

Fred Caju disse...

Partindo do pressuposto que toda personagem é uma mutilação do autor. Parabenizo-a.

Sahara Higino disse...

Moça,
estou a segui-la.
Tens tu, uma morada calma, serena de bem-vindas palavras. Parabéns!

CUCA BOA disse...

quanto a esse assunto não defino nada...ele se define por si só.

(ótimo ano pra vc)

nate

Camila Sanches e Amanda Sanches disse...

"Porque o amor tem várias caras"
concordo e muito!
bjs:*

Dani disse...

Carallhoo!
Le, vc arrasa! Sou teu fã declarado. Bjo, Dani.

Mônica disse...

Fernads
Um abraço cheio de alegria para esta quarta feira
com amizade e carinho de Monica

Yuno // Giulia disse...

Desculpa, só não estou numa boa noite pra falar de amor, não estão pagando preços altos pelo meu, nem de longe.

Maíra Cunha disse...

LINDOOOOOOO!
Estou seguindo! Ficaria grata com sua visita siga se gostar:
http://fazdecontatxt.blogspot.com

Fernanda Curcio e Leonardo Macedo disse...

O amor está nos calendários com maior quantidade de feriados. Por isso são vermelhos.

Leonardo.